Seguidores

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Polícia apresenta detalhes da Operação Sem Fronteiras" que desarticulou quadrilha de roubo de cargas em Garanhuns


Durante entrevista concedida na tarde desta quinta-feira (11), a cúpula da Segurança Pública deu detalhes da Operação "Sem Fronteiras", deflagrada ontem com o objetivo de desarticular uma quadrilha apontada como responsável por diversos roubos de cargas em rodovias do Nordeste. De acordo com a polícia, em Alagoas o bando costumava agir nas BRs, muitas vezes fazendo uso da violência. Suspeita-se que a última investida realizada no Estado aconteceu no final do mês de março. 

De acordo com a SSP, o grupo criminoso chegava a sequestrar e a manter os motoristas reféns até a conclusão do roubo da carga. Além de Alagoas, as investigações apontam que o grupo também atuava nos estados de Pernambuco e da Paraíba. 

No total, durante a operação, foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão e 19 de prisão - sendo que 6 alvos já se encontravam detidos no sistema prisional. Outros três de prisão ainda serão cumpridos, mas por medida de segurança a localidade não foi revelada. Entre os detidos, conforme a Gazeta de Alagoas já havia revelado, estão um policial militar e um vereador de Pernambuco. 

Segundo o coordenador da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), delegado Mário Jorge, há dois galpões lacrados e com carga em Pernambuco. O material está avaliado em R$ 10 milhões. Também foram apreendidos durante os cumprimentos dos mandados R$ 17.800 e quase R$ 1 milhão em cheques. 

De acordo o delegado, a polícia ainda está fazendo o levantamento a respeito da origem da carga apreendida. 

"Após meses de investigação, conseguimos traçar o caminho que eles faziam para cometer os crimes e localizamos o local em Pernambuco, que funcionava como galpão para guardar os materiais roubados. A quadrilha sempre agia com muita violência. Eles sempre estavam fortemente armados e sequestravam os motoristas até que os roubos fossem concluídos", afirmou Mário Jorge. 

Confira abaixo os nomes dos presos:

- Cícero dos Santos Camilo - Chefe da quadrilha - Empresário

- Djoou Silva de Carvalho - Tenente de Pernambuco

- Mario Dos Santos Junior - Vereador de Garanhuns

- Bruno José da Silva Filho

- Augusto Lucas Pinto Gomes

- Ivan Patrick Teixeira de Souza

- Jean Pierre Maldini da Silva

- Luciana Ferro de Lima Camilo - esposa do chefe da quadrilha e assessora parlamentar do vereador)

- Ronaldo Luiz Rufino da Silva

- José Ildson Gomes de Albuquerque

- Cícero Maurício Alves

- João Paulo dos Santos

- Leandro Aristides Bento

Já se encontravam presos em Pernambuco:

- Jefferson Ricardo de Oliveira

- Gilson Barbosa Xavier

- Adevanilson Pereira da Silva

- Erlan de Araujo Novais

- Paulo Cesar Pereira de Araujo

- Jose Ademilto Oliveira Constantino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...