Seguidores

Dieta 21 Dias

Negócio na internet

terça-feira, 6 de junho de 2017

Capoeirense campeão de vaquejadas já conquistou mais de 200 troféus


Subir no pódio e receber o prêmio de vencedor é o objetivo de todos que participam de uma competição. E se conquistar um troféu uma vez já é motivo de orgulho para qualquer competidor, imagine subir no pódio mais de 200 (duzentas) vezes; pois esse competidor existe, é o capoeirense Erivaldo Barra, campeão de vaquejadas. Na semana passada, fazendo dupla com o vice-prefeito de Capoeiras, Julio Valença (Juju), entre uma toada e outra, Erivaldo Barra falou um pouco da sua história. Presentes também, o radialista Ernandes Oliveira e o vaqueiro Ailton Mucuri.

Erivaldo Barra e o radialista Ernandes Oliveira

Erivaldo Rocha da Silva (Erivaldo Barra), 48 anos, é apaixonado por vaquejadas. Residente no Sítio Lagartixa, zona rural do município de Capoeiras - PE, onde cria os três cavalos que monta nas disputas, e tem o Parque de Vaqueja Edileusa Rocha, nome em homenagem a sua mãe, no qual já foram realizadas 20 vaquejadas. Erivaldo disse que começou montar a cavalo quando tinha 07 (sete) anos; e aos 20 anos competiu numa vaquejada pela primeira vez, e de lá pra cá não parou; já participou de vaquejas nos estados de Pernambuco, Alagoas e Paraíba. Competiu pela última vez há quinze dias, na cidade de Limoeiro – PE; e a última vez que subiu no pódio foi no Parque Gitó, em Canhotinho, obtendo a terceira colocação, numa disputa que reuniu cerca de mil senhas inscritas.

Prêmios e Emoção
Em meio aos mais de 200 troféus conquistados, e cuidadosamente acomodados numa estante onde também fica uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, e em moveis em outros cômodos da casa, Erivaldo Barra disse que conquistou seu primeiro prêmio de 1º Lugar, há 28 anos, na Pista de Vaquejada de Zé Vermelho, no município de Caetés; e que também já ganhou prêmios em dinheiro, motocicleta, entre outros. Sobre a corrida de vaquejada inesquecível: “A vaquejada marcante foi competir ao lado da minha filha Erivania; ela tinha 18 anos, em 2009, num Parque no município de Jurema – PE, ela foi a minha bate-esteira (que dá apoio alinhando o boi na pista para o puxador derruba-lo entre as linhas demarcação), foi a mais emocionante". – disse emocionado o vaqueiro campeão de vaquejadas. Hoje sua filha esta casada e não participa mais das competições de vaquejada.
Com o vice-prefeito de Capoeiras, Juju

Além da filha Erivania, teve vários parceiros durante os 28 anos em que compete; entre eles: Zé de Cabritinha, Zé de Jovem, Macaxeira e Alexandre Birrinho; o atual parceiro é Chico de Everaldo.

O capoeirense mostrou-se contente com a aprovação na Câmara dos Deputados, da PEC das vaquejadas, no dia 31/05/2017. Aprovada por 373 votos a favor, 50 contra e 06 abstenções.

Causo:
E das histórias que o senhor Erivaldo contou, uma que me lembro é a de um conhecido seu (supersticioso) que lhe aconselhou que se um dia saísse de casa para ir a algum lugar e no caminho encontrasse um urubu dava azar, se encontrasse uma jumenta era pior, e se encontrasse uma porca devia voltar imediatamente para casa para evitar azar ainda maior. Erivaldo Barra disse que um dia quando ia para uma das vaquejas, ainda próximo de sua casa se deparou não com um, mas com dois urubus; lembrou-se do "alerta" dado por seu conhecido, mas seguiu em frente; mais adiante se deparou não com uma, mas com duas jumentas no meio da estrada, ai pensou logo: “minha Nossa Senhora será que vou mesmo ter azar hoje?”. Mesmo receoso continuou no seu caminho e antes de chegar no local da vaqueja, uma porca atravessou a estrada na sua frente. E se uma das aparições já daria azar, imaginou o que poderia lhe acontecer depois de ver as três em sequencia, e ainda em dobro. Chegou à vaquejada, e sem conseguir esquecer dos dois urubus, das duas jumentas e da porca que encontrou pelo caminho, se inscreveu, competiu, não aconteceu nada de errado graças a Deus, e conquistou o primeiro lugar. Para ele esse foi um dia que nunca esqueceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...