Seguidores

segunda-feira, 26 de junho de 2017

PRF divulga balanço parcial da Operação São João 2017 em Pernambuco


Mais de 1500 pessoas foram sensibilizadas através de atividades educativas; ações contaram com o apoio de equipes de seis estados

Entre a quinta-feira (22) e o domingo (25), a Polícia Rodoviária Federal registrou 55 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco, que deixaram 44 feridos e seis pessoas mortas. No mesmo período da operação São João do ano passado, entre os dias 23 a 26 de junho, foram registrados 61 acidentes, com 55 feridos e cinco mortes. A operação segue até o final do mês em virtude das festas juninas, que acontecem principalmente no Agreste do estado.

Entre os acidentes graves, ocorreu uma colisão transversal entre uma motocicleta e um utilitário, às 7h de domingo, na BR 104, em Agrestina. O condutor da moto, de 35 anos, faleceu e o passageiro, de 30 anos, ficou ferido. Foi constatado através do teste do bafômetro que o motorista do utilitário não havia ingerido bebida alcoólica. A Polícia Civil esteve no local e irá investigar o caso. No mesmo dia, um homem de 52 anos faleceu ao ser atropelado, por volta das 21h30, na BR 101, em Abreu e Lima, no Grande Recife. O veículo envolvido no acidente não foi identificado, mas uma placa foi encontrada no local.


Ao longo de quatro dias foram fiscalizadas 4.084 pessoas e 3.641 veículos, sendo emitidas 1.481 autuações por diversas infrações. Destacam-se 92 pelo não uso do cinto de segurança, 87 por ultrapassagens em local proibido, sete pela falta do capacete e seis pela ausência da cadeirinha para crianças. Nesse período, também foram registradas 189 imagens de veículos com excesso de velocidade.

O combate à alcoolemia contou com o apoio de equipes da operação Lei Seca, sendo realizados 1.043 testes com o bafômetro, que resultaram na autuação de 31 pessoas e na prisão de quatro motoristas sob efeito de álcool. Durante a fiscalização também foram recolhidos 78 veículos, 83 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 30 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).

O combate ao crime contou com o apoio de grupos especializados e quatro pessoas foram presas por crimes como porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículos roubados, resistência e desacato. As ações contaram com o apoio de policiais rodoviários federais de Alagoas, Sergipe, Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão e Piauí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...