Seguidores

domingo, 21 de julho de 2019

Palco de Cultura Popular estreia no FIG mostrando a riqueza das tradições pernambucanas

Caboclinhos Carijó, mais novo patrimônio vivo de Pernambuco, foi destaque da programação. No palco Dominguinhos, Barão Vermelho encerrou a noite, enquanto Devotos agitou o Som na Rural, além de estreia do polo do Circo e o Figuinho

O público do Festival de Inverno de Garanhuns deu início hoje a um dos pontos altos de sua programação. A inauguração do Palco de Cultura Popular trouxe representantes das mais diversas expressões culturais pernambucanas, com direito à presença do mais novo Patrimônio Vivo de Pernambuco, o Caboclinho Carijó. A inauguração contou com a presença do governador Paulo Câmara, do secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, e do presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto. No Palco Dominguinhos, o Barão Vermelho apresentou clássicos que empolgaram o público, encerrando a noite que teve ainda Amanda Back, Banda de Pau e Corda, Mariana Aydar, Veia Nordestina e Zélia Duncan. Enquanto isso,  no Som na Rural, Devotos executou um show que matou as saudades de muitos dos fãs da banda.

Para os entusiastas da cultura popular, o dia foi empolgante. Além do caboclinho, houve os maracatus Nação Raízes de Pai Adão e Piaba de Ouro, Coco das Estrelas, Boi Faceiro, Afoxé Omim Sabá, Samba de Coco Irmãs Lopes, Maestro Fábio César e Banda Raízes Pernambucanas. No Som na Rural, ainda houve o Coco de Tebei e o DJ Evandro Q? nos intervalos.

Outro ícone da cultura pernambucana, Antônio Nóbrega fez uma apresentação marcante na Catedral de Santo Antônio com Sagrama à tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...