Seguidores

Dieta 21 Dias

Negócio na internet

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Polícia descobre plano de fuga na cadeia de Capoeiras.


Na quinta-feira, 02.06.2016, no período das 13h30 às 15h00 foi realizada uma revista minuciosa nas celas da Cadeia Pública de Capoeiras, Agreste de Pernambuco, em razão do efetivo da guarda do estabelecimento prisional,  haver recebido a informação de que alguns detentos estariam organizando uma fuga em massa no final do horário da visita íntima.


De imediato, foi informado à Juíza da Comarca, a qual mandou suspender a visita íntima e realizar revista nas celas. Também foi solicitado reforço policial,  chegando a GT de Capoeiras sob o comando do SGT Dimas, a GT de Caetés, a Guarnição do Oficial de Operações, sob o Comando do Cap Lucas, comandante da 1ª CPM e mais duas GTs do GATI.

A cadeia de Capoeiras possui 06 celas com capacidade de acolher 24 (vinte e quatro) detentos, no entanto, sua lotação hoje é de 45 (quarenta e cinco) detentos. Durante a revista houve clima de tranquilidade, momento em que os detentos foram colocados em duas das celas e realizada as buscas nos demais compartimentos. Em seguida foram desenvolvidas buscas pessoais nos reclusos e recolocados nas celas.

No transcorrer da revista foram encontrados nas celas vários medicamentos em comprimidos e xaropes, 02 partes de metal e 03 facas artesanais. No pátio interno da cadeia, o efetivo policial encontrou 02 porções de maconha, mas não foram identificados os proprietários.

Após consulta à alguns detentos, foi confirmada a intenção de alguns deles fugarem. A ação estava sendo organizada pelos detentos Charles de Oliveira Rocha,  que responde  por crime de homicídio praticando em Garanhuns, e  por   Eládio da Silva Lima, que responde pelo crime tentativa de assalto.

Como os dois reclusos têm demonstrado alta periculosidade para estarem na cadeia de Capoeiras, já estão sendo tomadas as devidas providências, para que ambos sejam transferidos  à outra unidade prisional.
www.arletesantos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...