Seguidores

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Farmácia veterinária é interditada em Garanhuns

Adagro apreende mais de 300kg de produtos irregulares

Na última quinta-feira (19), fiscais da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco juntamente com a vigilância sanitária de Garanhuns realizaram uma fiscalização na farmácia veterinária Fofinho. A ação aconteceu para apurar uma denúncia de um cliente que comprou um produto com o prazo de validade adulterado.

No estabelecimento foram encontrados vários produtos comercializados irregularmente. Muitos estavam expostos na prateleira junto com produtos regulares. Os animais (filhotes de cães) que estavam expostos à venda encontravam-se em condições inadequadas, com pouco espaço, iluminação, ventilação e limpeza insuficientes.

 Foram encontrados produtos com validade vencida, validade adulterada, ilegível, itens sem registro de lote, fabricação e validade na embalagem e com a mesma violada. Dos 912 produtos recolhidos 49 eram cosméticos veterinários (Shampoos, condicionadores, solução higienizante oral, fraldas, tapetes higiênicos, entre outros), 416 medicamentos veterinários e 447 unidades de rações para animais.


 Essa é a terceira vez que o estabelecimento é interditado pelo mesmo motivo. A primeira ação aconteceu em setembro de 2015 quando foram apreendidos 4.418 unidades de produtos fora dos padrões oficiais de comercialização, sendo 2.663 unidades de alimento para animais, 613 cosméticos, 47 drogas para controle de pragas, 688 materiais para uso hospitalar, 398 produtos terapêuticos e 10 unidades de produtos para tratamento de água. No local também foram encontrados três carimbos com dados de lote, fabricação e validade utilizados para adulterar a validade de produtos vencidos. O estabelecimento foi interditado, multado, intimado a corrigir irregularidades e o caso encaminhado ao Ministério Público, Delegacia de Polícia e CRMV-PE.

A segunda fiscalização aconteceu em março de 2016, quando 284 unidades de produtos fora dos padrões oficiais para comercialização foram apreendidos, sendo 121 unidades de alimento para animais, 63 cosméticos e 100 produtos terapêuticos. O estabelecimento, que já é considerado reincidente nas infrações, foi novamente interditado, multado, e o caso encaminhado ao Ministério Público e Delegacia de Polícia.

Um comentário:

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...