Seguidores

terça-feira, 17 de setembro de 2019

APAC divulga Monitor de Secas de Agosto de 2019

O mês de agosto faz parte do final do período chuvoso no leste do Nordeste do Brasil, já nas demais áreas desta região, este mês ainda está compreendido dentro do período de estiagem. Climatologicamente, no mês de agosto os volumes de chuva na faixa leste do Nordeste oscilam entre 50 mm e valores acima de 150 mm. No restante desta região, estes acumulados não ultrapassam 50 mm.

Em agosto de 2019, os maiores volumes de chuva concentraram-se na faixa leste do Nordeste.

Em Pernambuco (PE) os maiores acumulados de precipitação foram registrados na faixa litorânea e parte do Agreste, diminuindo estes volumes em direção ao sertão. Com base nos indicadores, bem como nas chuvas ocorridas em agosto, houve uma leve redução da área da seca grave em parte do Agreste pernambucano. Já no sertão do São Francisco, devido à piora da saúde de cobertura vegetal, houve uma leve expansão área de seca extrema. Os impactos são de longo prazo na porção leste do agreste, além da Zona da Mata e região metropolitana de Recife, e de curto e longo prazo na faixa oeste do agreste e em todo o Sertão pernambucano.

O MONITOR DE SECAS é um processo de acompanhamento mensal da seca, realizado pelos estados e sob a coordenação da Agência Nacional de Águas (ANA), colaboração também do CPTEC/INPE, o CEMADEN e o INMET e das instituições estaduais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...