Seguidores

Dieta 21 Dias

Negócio na internet

domingo, 30 de abril de 2017

Histórias de Capoeiras: A visita do poeta Rogaciano Leite


Por Junior Almeida

No início da década de quarenta, existia na então vila de Capoeiras, município de São Bento do Una, uma pequena pensão, que ficava entre onde atualmente funciona a loja “Celso Colchões”, e a alfaiataria de Zé Alfaiate, esse que viria ser o primeiro prefeito de Caetés, quando essa foi elevada à cidade.

Os donos da pensão eram o casal Inácia e José Cavalcante de Lacerda. Ela, uma mulher morena clara, e ele um sujeito branco de olhos azuis, tipo incomum na região. Fato curioso é que Zé Cavalcante fazia remédios à base de ervas, e por isso as pessoas o chamavam pelo pomposo nome de “doutor”José Cavalcante. Esse casal foi embora de Capoeiras para a cidade de São Bento do Una no dia 7 de setembro de 1943, levando toda sua mudança em cima de um carro de boi.

Antes disso, porém, o hotel de Dona Inácia, como era conhecido, hospedou muita gente, pois era a única opção de hospedagem do atrasado lugarejo. Entre os hospedes que acolheu estava o jovem poeta Rogaciano Leite, que veio se apresentar na cidade de Capoeiras por volta de 1941 ou 1942, fazendo dupla com uma mulher bonita, maquiada e que usava algumas jóias, dentre elas um grande anel em forma de relógio, de nome Terezinha.

Rogaciano em Capoeiras ainda estava começando a fazer o seu nome. Ele faleceu em 1969, deixando obras primas da cultura genuinamente nordestina. Hoje em dia poetas como Maciel Melo, Flávio Leandro e Antônio Marinho, esse último com o DNA de poeta por todos os lados, declamam a obra de Rogaciano Leite.

Uma das obras mais bonitas obras do poeta, que exalta as belezas do sertão é o poema: Aos críticos; declamado por Antonio Marinho no vídeo abaixo:


(O poeta Rogaciano Leite, nasceu no dia 1º de julho de 1920 no Sítio Cacimba Nova, município de Itapetim, Pernambuco, região de grandes poetas populares. Filho de agricultores, Rogaciano Bezerra Leite cedo despertou para a poesia, e já aos quinze anos participou do seu primeiro desafio, “contra” o experiente poeta Amaro Bernardino, na cidade de Patos na Paraíba.

Junior Almeida e autor do livro: "A Volta do Rei do Cangaço". Reside na cidade de Capoeiras - PE, onde é comerciante. 
O texto foi compartilhado /www.facebook.com/junior.almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...