Seguidores

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Capoeiras realizou II Fórum Municipal sobre Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil


A situação de crianças e adolescentes capoeirenses vitimas do trabalho infantil foi debatido no II FORUM MUNICIPAL PARA PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL, realizado nesta quinta-feira, 28/06/2018, no Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS, no município de Capoeiras - PE. Coordenado pela Secretaria de Assistência Social, através da secretária Luciene Almeida, o Fórum contou com as presenças dos secretários municipais: Macyanne Régia (Educação), Lygia Galvão (respondendo interinamente pela Saúde) e Dalva Reino (finanças); também presente, o presidente da câmara, vereador Geraldo do Alegre; representantes do Conselho tutelar, Sindicato Rural, Associações Rurais e Pastoral da Criança, entre outras entidades e pessoas.

O II Fórum Municipal para Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Capoeiras, teve como finalidade, debater, avaliar e buscar estratégias conjuntas para a redução das incidências de trabalho infantil no município; buscando a cooperação das instancias governamentais e não governamentais, já que a prevenção e erradicação do trabalho infantil é responsabilidade de todos.

Representantes das Secretarias de Assistência Social, de Educação e de Saúde apresentaram dados relativos ao trabalho infantil no município de Capoeiras, e mostraram os projetos e ações desenvolvidas para prevenir o problema. Em seguida, os participantes do Fórum foram convidados a apontarem novas ideias e estratégias que o município de Capoeiras poderia adotar para enfrentar a pratica do trabalho infantil.

Entre os muitos problemas causados às crianças pelo trabalho infantil, esta: diminuição do rendimento escolar; futuros trabalhadores sem qualificação e perca da infância; além de muitos problemas de saúde que aparecerão na fase adulta, sobre isso, a fisioterapeuta Doutora Gabriela falou que a grande maioria dos adultos que sofrem com doenças na coluna, quando é feita uma pesquisa, fica constatado que quando crianças trabalharam esforçando-se além do que as estruturas físicas dos seu corpos ainda em formação suportariam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...