Seguidores

Feliz Natal

Feliz Natal

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Colégio Municipal de Capoeiras realiza I Festival Musicap


Em comemoração ao Dia do Estudante, o Colégio Municipal José Soares de Almeida juntamente com a Escola de Musica realizou nesta quinta-feira, 10/08/2017, o I Festival de Musica de Capoeiras – MUSICAP. O Festival reuniu novos talentos musicais do município de Capoeiras em apresentações de bandas formadas por alunos, ex-alunos e professores do Colégio Municipal. O festival foi idealizado pela Gestora do Colégio Municipal, a professora Maria Almeida e pelo professor Wagner da Escola de Música, e contou com o apoio da prefeita Neide Reino e da Secretária de Educação, Macyanne Tenório.

Gestora Maria Almeida e prof. Wagner
Um palco foi instalado em frente ao Colégio Municipal, e nos períodos da manhã e tarde apresentaram-se quatorze atrações musicais: (manhã) Angels of Night, NG7, Animalize, Vibranium e Crossroad; (tarde) Gospel, Musical Ele e Elas, Thayssa e Mariana, Black Roses, Projeto MPB, Ademar Cordeiro, Adilson e Jaquiele, Lamerque Araujo e Forró na Farra. Os ritmos apresentados foram: Rock, MPB, Gospel, Safadão e Marília Mendonça.

A Escola de Musica foi implantada no Município de Capoeiras pela prefeita Neide Reino no seu primeiro ano de governo; e atende alunos da rede municipal de ensino. A EREM Nossa Senhora do Perpétuo Socorro também oferece aulas de música, o que tem proporcionado a muitos jovens capoeirenses continuarem tendo formação musical durante o ensino médio; esse trabalho tem rendido reconhecimento dentro e fora do município, tendo algumas das bandas já se apresentado várias vezes no Festival de Inverno de Garanhuns.

Durante o evento foi informado que a Festa do Estudante 2017 acontecerá no final do mês de setembro.

Abaixo fotos de algumas apresentações:

Projeto MPB
Professor Ademar Cordeiro
Adilson e Jaquiele
Lamerque Araújo e Forró na Farra
Banda NG7
Banda Animalize
Musical ELE e ELAS
Thayssa e Mariana

Opinião:
O trabalho realizado pela Escola de Música é excelente; os estudantes demonstram talento musical; e a ideia do Festival surge como uma grande vitrine para o projeto. O pecado é a falta de uma maior diversidade musical nas apresentações feitas pelos nossos jovens talentos, principalmente, faltou a poesia e os ritmos nordestinos. Numa entrevista esta semana na Rádio local, o professor Wagner disse que o estilo musical é uma escolha de cada aluno, e que a Escola de Musica não interfere. Juntam-se a falta de investimento em cultura pelo Poder Público e a persuasão exercida pelos grandes meios de comunicação, o resultado é consumir uma cultura que lhe é sutilmente imposta, em detrimento da sua própria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...