Seguidores

Feliz Natal

Feliz Natal

sexta-feira, 1 de julho de 2016

APAC divulga previsão das chuvas para o trimestre julho a setembro de 2016 em Pernambuco

A Reunião de Análise e Previsão Climática ocorreu no INPE/CPTEC em Cachoeira Paulista e simultaneamente, através de vídeo conferência para todos os estados do Brasil. Na reunião foram analisadas as condições da pluviometria ocorrida nos meses anteriores e os campos globais dos oceanos e da atmosfera do mês de maio e incluindo a primeira quinzena de junho de 2016, bem como os resultados de modelos numéricos de previsão climática para o trimestre de julho a setembro de 2016. De acordo com a configuração da atmosfera e oceano, a previsão é que as chuvas acumuladas neste trimestre deverão ficar próximas da média para as mesorregiões Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata e abaixo da média no Agreste.

ANÁLISES - Comportamento das chuvas durante o mês de maio de 2016 e climatológico para o trimestre JAS. No mês de maio as chuvas na região do Sertão ficaram 28% abaixo da média, ou seja, o acumulado foi de 35mm, enquanto a média do mês é 48 mm. Na mesorregião do Agreste, a chuva ficou 10% abaixo do que é esperado para maio, onde em média chove 103 mm e choveu 93 mm. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o acumulado médio foi de 436 mm, o que representa a chuva 48% acima da climatologia da região. Na Zona da Mata a chuva foi 27% acima da média histórica da região, ou seja, eram esperados 189 mm e choveu 241 mm.

O acumulado climatológico da precipitação no trimestre de julho a setembro na região do Agreste é de 197,0 mm; na Zona da Mata é de 375,6 mm e na RMR 593,0 mm. De acordo com a climatologia mensal, julho é o mês em que ocorre o maior volume de chuva na RMR, Zona da Mata e Agreste. Vale ressaltar que este é o período de estiagem no Sertão e não ocorreram chuvas significativas neste período.

PREVISÕES - Previsão das chuvas para o trimestre julho-agosto-setembro de 2016 em Pernambuco. No Agreste, na Zona da Mata e na Região Metropolitana do Recife, o período chuvoso teve seu inicio em abril e se estende até julho. A previsão para o trimestre de julho a setembro é de chuva abaixo da média histórica para a região do Agreste. Na Zona da Mata e na Região Metropolitana do Recife, o prognóstico é que o trimestre julho-agosto-setembro fique com chuvas próximas do normal. Este período é de estiagem no Sertão e permanecerá assim durante o trimestre. As temperaturas nas regiões do Sertão e Agreste deverão ficar acima do valor climatológico, principalmente as temperaturas máximas, devido à previsão de chuva abaixo da média, nessas regiões. Ressalta-se, a ocorrência de veranicos (no mínimo 10 dias consecutivos sem chuva) principalmente na região do Agreste, e possibilidade de ocorrências de chuva moderada a forte, concentradas em poucas horas, em particular no Litoral e Zona da Mata. Assim, recomenda-se o acompanhamento das previsões de tempo e dos avisos emitidos pela APAC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...