Seguidores

Feliz Natal

Feliz Natal

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Candidaturas olímpicas

Por Altamir Pinheiro

Uma tuia de municípios de toda a região do  Agreste Meridional tá poluída de candidaturas ao cargo de prefeito de cidadãos e cidadãs que entram na disputa na base do, O IMPORTANTE É COMPETIR!!! Não vamos aqui fulanizar para não se partir para o confronto ou sermos indecentes, mas eleitoralmente falando, muitos já passaram "seu tempo", e não se mancam ou não se enxergam dos seus passados rabugentos que deixaram para trás. Outros, não têm a menor densidade eleitoral e entram no pleito só para praticar a POLÍTICA DA PICUINHA, POLÍTICA DO “APAGAR LABAREDA E ACENDER OUTRA”. Ou seja, eles mesmos sabem e tem pura consciência que "não se salga carne podre".  Ou melhor, a imprensa, de um modo geral fica gastando velas demais para tão minúsculo defunto. Digo, indivíduo sem brio... sem consistência... Sem panos pras mangas e até sem formação moral nenhuma... pois, só pensa naquilo: NA VIÚVA!!!

Pergunta-se: Qual é a definição e o significado do VOTO propriamente dito  numa eleição municipal?!?!?! Segundo abortam as enciclopédias,  o conceito de voto é sinônimo de sufrágio, sobretudo quando está relacionado com o sistema eleitoral que se encarrega de determinar a disposição dos cargos públicos. O sufrágio, neste sentido, é um direito constitucional e político que tem duas dimensões: o SUFRÁGIO ATIVO (todas as pessoas têm direito de votar para eleger os seus representantes) e o SUFRÁGIO PASSIVO (o direito de se apresentar como candidato para representar o resto da comunidade). Na verdade, o  voto  é a manifestação de uma preferência por uma opção. Essa preferência pode manifestar-se de forma pública ou secretamente conforme o caso e o gosto do freguês. Digo melhor, DO ELEITOR!!!

Pergunta-se também: Qual é a definição e o significado do VOTO CONSCIENTE?!?!?!  Bem,  bem, aí o buraco é mais embaixo!!! Numa eleição municipal de cidade de interior, donde, todos se conhecem, o jogo de interesse pessoal predomina. Nesse caso, geralmente,   a campanha tende a enveredar pelo caminho tortuoso de forma agressiva no estilo PITT BULL. Todo mundo lança mão da intolerância para atacar o ponto de vista alheio e o próprio indivíduo,  sempre, sempre, para defender determinado argumento  que lhe seja útil. O que deveria ser um espaço saudável de discussões se torna quase um ringue de Vale Tudo. Ninguém é poupado: nem “petralhas” nem “coxinhas”. O humor é tão ácido quanto limão. Todo eleitor ou candidato, o que ele quer é defender o seu pirão primeiro e  "SAIR BEM NA FITA".  Agora, no frigir dos ovos vamos ver quem tem roupa na mochila ou então mais garrafas pra contar...

Finalmente, trocando o nu pelo mal vestido, eu posso até entender esse processo acima relatado. Porém, jamais endossá-lo. Mesmo assim, numa democracia dentro da regra do jogo todos têm direito a votar e serem votados, o sufrágio é livre, independente e secreto, afinal de contas, cada um desperdiça ou gasta seu voto de maneira ou da forma que melhor lhe aprouver. Porém, tenho minhas DÚVIDAS quando alguém tenta vender um candidato como se fosse um carro usado, em que se procura esconder OS DEFEITOS, camuflar os pontos de ferrugem, os pneus recauchutados e o motor que vaza óleo...

Um comentário:

  1. CORRIGINDO: - EM VEZ DE: "todos têm direito a votar e serem votados", LEIA-SE: todos tem o direito de votar e ser votado.

    ResponderExcluir

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...