Seguidores

Feliz Natal

Feliz Natal

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Câmara de Capoeiras, sessão do dia 16 de agosto de 2016

Na noite da terça-feira, 16/08/2016, a Câmara de Vereadores de Capoeiras se reuniu em mais uma sessão Ordinária. No inicio da sessão foram lidas várias indicações do Deputado Estadual José Humberto (PTB) apresentadas na Assembleia Legislativa, em prol do município de Capoeiras.

O vereador Edson Almeida (Gangarra) elogiou a fala da vereadora Carla Rodrigues na sessão da Câmara na semana passada, dizendo que a vereadora sabe fazer oposição; que quando ela afirmou que Capoeiras tem uma quadrilha organizada, ela esta correta; pois, uma vez é fatalidade, duas, três, cinco vezes e muita estranheza. Gangarra perguntou qual o preço que vale para fazer uma política em Capoeiras: disse esta extremamente indignado e que repudia um áudio a seu respeito que esta circulando em redes sociais no município; disse que da sua vida particular não deve satisfações a ninguém; que deve satisfações da sua vida pública e dessa nunca deixou a desejar; que sempre tratou a todos com respeito, e que em 30 anos vivendo em Capoeiras nunca viu uma política tão imunda como a que começou nesta terça-feira (16). Afirmou não ser candidato nas próximas eleições, mas que tem o direito de apoiar e votar em quem achar melhor. Gangarra disse que um áudio com agressões a sua pessoa já esta com a Justiça e já há indícios de quem o fez produziu e compartilhou. Disse achar um absurdo mal começar a política em Capoeiras e vincularem a tragédia ocorrida num PSF à propaganda eleitoral, quando se sabe que a deficiência em Segurança Publica atinge o Estado todo, e que a responsabilidade é do Governo do Estado. Disse que seria bom se a Rádio transmitisse as sessões da Câmara, pois os vereadores não têm nada a esconder. O vereador Gangarra disse haver presenciado esta semana em Capoeiras uma abordagem policial com abuso de poder contra um cidadão; que realmente o cidadão estava com o som (do veiculo) ligado em alto volume, mas que era em horário normal e até utilizando energia elétrica cedida pelo seu amigo comerciante, Taraó; quando chegaram duas viaturas e os policiais dizendo: “entra, entra você esta preso!” Gangarra disse haver perguntado aos policiais por que o cidadão estava sendo preso; os PMs responderam que o grupo estava perturbando e fazendo baderna. O vereador disse que primeiro deveriam ser presos os estupradores e os bandidos que há no município: e que houve abuso de poder na abordagem. Gangarra parabenizou o deputado José Humberto pelas indicações apresentadas na Assembleia em prol do município de Capoeiras, e ao vereador Piu que o apoiou nas últimas eleições; disse que queria que o deputado, no qual votou, fizesse o mesmo; mas que novas eleições virão.

O vereador Érico Barbosa reclamou que varias ruas da cidade estão às escuras com as lâmpadas dos postes apagadas. Disse que a população esta cobrando a falta de água, pois o Exercito diminuiu o numero de caminhões pipas que abasteciam o município. Érico Barbosa cobrou que a Secretaria de Transportes fiscalize os veículos que fazem o transporte escolar. Érico Barbosa disse ao vereador Edson Gangarra que ele merece respeito como cidadão e como vereador, e que as pessoas que compartilharam o tal áudio não são dignos e merecem ser responsabilizados.

O vereador José Nielson falando ao vereador Edson Gangarra disse que esse é o preço que se paga por ser um homem publico; que se conhece Capoeiras, mas que quando se aproxima épocas de eleições, essas coisas pioram porque alguns acham que têm direito de denegrir as pessoas; e que isso só acontece por causa da impunidade; que no país só é punido pobre e preto. José Nielson disse que o governador só sabe cobrar impostos, mas prestar serviços essenciais à população não sabe. Parabenizou o vereador Piu que através do deputado José Humberto conseguiu indicações na Assembleia em prol de Capoeiras, e disse que gostaria de mais que o deputado no qual votou também desse o ar da graça; mas as próximas eleições estão chegando. O vereador disse que caminhões pipas estão retirando água da barragem Gurjão, dia e noite, sem nenhum controle. José Nielson dirigindo-se aos vereadores que são candidatos a reeleição pediu que ficassem alerta, porque em sua opinião essa será a pior política já vista no município de Capoeiras; que os que pleiteiam voltar à Câmara tenham paciência e cautela para não sofrerem consequências.

Ficou acertado que os vereadores irão ao Ministério Público nesta quarta-feira (17), falarem com o Promotor de justiça sobre a retirada indiscriminada de água na Barragem Gurjão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...