Seguidores

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Sessão da Câmara de Capoeiras na terça-feira, 02/08/2016

Na noite da terça-feira, 02/08/2016, os vereadores capoeirenses se reuniram em mais uma Sessão Ordinária, que começou com a leitura do oficio de encaminhamento do Projeto de Lei de Diretrizes para Elaboração Orçamentária - LDO 2017, enviado a Casa pela prefeita Neide Reino.

A vereadora Carla Rodrigues disse haver sido cobrada do porquê não estariam acontecendo capacitações para servidores municipais da Secretaria de Educação e para Agentes de Saúde. Num “aparte”, o vereador Afreu Antonio disse que professores que lecionam no Povoado Riacho do Mel vieram esta semana para a cidade participarem de capacitação.

O vereador Edson Gangarra sobre a fala do vereador Romero Reino que numa sessão passada da câmara reclamou do som alto nas barracas de espetinho no centro da cidade que estava perturbando, Gangarra disse ser o meio de vida dos proprietários, mas que há baderna com som alto até tarde da noite; ele pediu mais fiscalização por parte do Conselho Tutelar, pois estão vendendo bebidas alcoólicas para menores de idade. Sobre a questão da falta de segurança publica, o vereador chamou de “maldito” o voto dado por ele e outros vereadores ao atual governador; o vereador ironizou a situação dizendo que parece que o jeito será escrever para o “Ratinho” e pedir ajuda, já que há muito esperam uma audiência com o governador, o que até agora nem isso aconteceu. Disse que hoje, a população tem medo até de abrir a porta de casa.

O vereador José Nielson disse que o Conselho Tutelar realiza seu trabalho, mas que poderia fazer mais, pois as reclamações são muitas de crianças bêbadas nas ruas da cidade, que é necessário que se descubra quem são os comerciantes que vendem ou fornecem bebidas alcoólicas aos memores de idade. O vereador disse que os menores bêbados ficam nas calçadas falando palavrões, e que pior, o menor poderá ficar dependente do álcool. O vereador sugeriu que a Câmara deveria encontrar uma maneira para homenagear os responsáveis pelos Patrulheiros Mirins e pela Escolinha de judô: (Ítalo e Beto Bozó, respectivamente). Sobre a segurança publica disse que infelizmente quem deveria fazer algo, nada faz; e que os casos de violência pioram a cada dia. “Num aparte, o vereador Edsom Gangarra disse que se ouve por ai, que também há consumo de drogas por alguns menores. Disse que setenta por cento da responsabilidade com os filhos são dos pais; que o professor passar conhecimento; educação é obrigação dos pais. José Nielson sobre o som nos espetinhos, chamou de barulho, e que todo cidadão é obrigado a ouvir aquele barulho, com letras com segundas, terceiras intenções, incentivando coisas que nem se pode falar na tribuna.

Após a sessão houve um rápido debate entre os vereadores, um Conselheiro Tutelar e outras pessoas que estavam na Casa, sobre a questão da venda de bebidas alcoólicas para menores e o som alto nas barracas de espetinhos.

Um comentário:

  1. Gostaria de falar aos três parlamentares, sou um cidadão capoeirense igual a vocês zelo pelo o bem estar da nossa populacão e das crianças, Além de ser comerciante sou pai também, ja mais iria prejudicar uma criança vendendo bebida alcoolica a ela, o que não quero pra minhas filhas também não desejo para os filhos dos outros. Quando coloco paredão na rua eu tenho autorização da prefeitura municipal de capoeiras, conselho tutelar,policia civil e do batalhão de garanhuns.E tenho alvará do meu espetinho, quando coloco paredão na rua não é pra fazer desordem na rua e sim pra ganhar o pão das minhas filhas porque sou um cidadão trabalhador e não um vagabundo. Cada um tem uma maneira de ganhar o pão vocês são parlamentares, já eu sou um simples comerciante so aprendi a vender cana. Agora se algum de vocês arrumarem um emprego que garanta o sustento da minha familia ai paro de vender cana. E quanto a essas crianças tarem bebadas nas calçadas quem tem que ver isso são os pais e quando os pais não dão assistencia necessária a seus filhos cabem ao conselho tutelar tomar as devidas providencias e pra rua á noite verificar aonde essas crianças estão comprando bebida e o que tão fazendo na rua exercer a função deles que pra isso voltamos neles. Não sei que mal causa um som ligado em vez em quando apenas por tres horas, porque cumpro horario tenho autorizaçao de ligar ate 10:00 e desligo no horario certo. Agora se outras pessoas ligam som até altas horas não tenho culpa ai cabe as autoridades tomarem as providências porque no meu estabelecimento só até dez horas.

    ResponderExcluir

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...