Seguidores

Dieta 21 Dias

Negócio na internet

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Capoeiras em peso exige que governador prenda o estuprador

Por Altamir Pinheiro

Segundo o "PAI DOS BURROS", Violência significa usar a agressividade de forma intencional e excessiva para ameaçar ou cometer algum ato que resulte em acidente, morte ou trauma psicológico. E  por falar em trauma psicológico, o crime de ESTUPRO se enquadra muito bem dentro deste contexto. A cultura da banalização desse crime associados à ineficiência das políticas de segurança pública contribuem para o aumento dos atos de violência. Conforme afirmam  as psicólogas Thaís Campolina e Kel Campos,  "O estupro é um crime extremamente sub-notificado e pouquíssimos casos resultam em condenação".

Neste tipo de crime, o machismo está tão arraigado que, há um dito popular que fala o seguinte:  "CU DE BÊBADO NÃO TEM DONO". Pois, tem sim senhor!!! Uma frase comum como essa reproduz conceitos problemáticos sobre consentimento. É importante lembrar que NÃO é possível consentir com o ato sexual estando desacordada ou incapaz de oferecer resistência. Uma pessoa que está ALCOOLIZADA e perde o controle de suas faculdades mentais durante esse período não está apta a CONSENTIR. Violar o consentimento nesse caso consiste em estupro de vulnerabilidade, de frágil ou coisa que o valha. Ou seja, se você ouvir ou ler alguém falando algo assim: você quer transar com essa moça?! É só embebedá-la, encher o parreco dela de cana que ela vai ficar facinha, facinha... Isso não é verdade é machismo puro!!! Se manifeste, repudie. Deixe claro que não é algo legal. Pelo contrário, é um ato criminoso, traumático psicológico que traz consequência para o resto da vida...
  
POIS BEM!!! Em Pernambuco, nos idos de 2007, o ex-governador "OI DE GATO" criou um programa denominado de   Pacto Pela Vida que  é uma política pública de segurança, lateral e integrada. O Pacto Pela Vida visa(ou visava), principalmente, a prevenção de homicídios, mas também cuida(ou cuidava) de um conjunto de crimes que despertam insegurança na população. Parece que não constava do organograma desse programa o CRIME DE ESTUPRO. 

Diz-se isso, em razão de, hoje, O Pacto Pela Vida Deveria ser chamado pacto pelo fracasso. O único lugar do mundo que se combate violência sem EFETIVO  é Pernambuco. POLICIAL É FEITO PÉ DE COBRA, QUEM ENCONTRÁ-LO MORRE... A gestão desse tal Pacto deveria ter medidas para reforçar o BUCHO da samangada com comida que tivesse sustança, houvesse alojamento digno para os praças descansarem seus esqueletos. Usasse da inteligência policial, uma frota de carro digna para rodar com segurança, contratação de mais policiais e reforço das políticas de prevenção, com investimentos em educação, desenvolvimento social e combate às drogas e para não esquecer,  ao crime de estupro também!!!

Costumeiramente dizemos sempre, "MAIS ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO". O que o povo de Capoeiras  deve  fazer é mobilizar toda a infraestrutura das secretarias da prefeitura, promover uma mobilização com toda a sociedade civil, convocar o Ministério Público, os Sindicatos, os Clubes de Serviços e o escambal a quatro e fazer inúmeras passeatas exigindo que o Governador do Estado leve este estuprador às barras do tribunal e logo após enfurná-lo na masmorra, lugar que um traste deste fique por lá até  mané chegar. 

Finalmente, e por falar em estupro, a coisa tá tão escrota que, se costuma  arrotar: "ESPERO QUE O ESTUPRADOR VIRE MULHERZINHA NA CADEIA". Qualquer pessoa de bom senso sabe muito bem que o estupro não pode ser visto como uma forma de corrigir/punir, nem mesmo se essa lógica ir contra o estuprador. Isso ajuda a manutenção da cultura do estupro. Além disso, usar “VIRAR MULHERZINHA” como sinônimo ou vingança de ser estuprado diz muito sobre como nossa cultura vê a mulher como inferior e o corpo feminino como disponível, banal, facinho, facinho... SIM!!! Já ia me esquecendo: Governador!!! Tome gosto!!! Se interesse, cara!!! Ajude a debelar este crime, a  prefeita Neide Reino iria ficar bastante gratificada com o senhor. O povo de Capoeiras também...

2 comentários:

  1. O QUE EU NÃO GOSTEI DA IMAGEM FOI UMA MÃO ABERTA COM 5 DEDOS. DEVERIA TER APENAS 4, SEM O DEDO MINDINHO...

    ResponderExcluir
  2. O município poderia te feito a parte dele colocando segurança no local.

    ResponderExcluir

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...