Seguidores

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Proprietário de Espetinho se pronuncia sobre o que foi dito por vereadores de Capoeiras


Gostaria de falar aos três parlamentares, sou um cidadão capoeirense igual a vocês zelo pelo bem estar da nossa população e das crianças. Além de ser comerciante sou pai também, já mais iria prejudicar uma criança vendendo bebida alcoólica a ela; o que não quero pra minhas filhas também não desejo para os filhos dos outros. Quando coloco paredão na rua eu tenho autorização da prefeitura municipal de Capoeiras, Conselho Tutelar, Policia Civil e do batalhão de Garanhuns. E tenho alvará do meu espetinho; quando coloco paredão na rua não é pra fazer desordem na rua e sim pra ganhar o pão das minhas filhas porque sou um cidadão trabalhador e não um vagabundo. Cada um tem uma maneira de ganhar o pão vocês são parlamentares, já eu sou um simples comerciante, só aprendi a vender cana. Agora se algum de vocês arrumarem um emprego que garanta o sustento da minha família ai paro de vender cana.


E quanto a essas crianças estarem bêbadas nas calçadas, quem tem que ver isso são os pais, e quando os pais não dão assistência necessária a seus filhos cabe ao Conselho Tutelar tomar as devidas providencias e pra rua á noite verificar aonde essas crianças estão comprando bebida e o que tão fazendo na rua, exercer a função deles que pra isso voltamos neles.

Não sei que mal causa um som ligado de vez em quando, apenas por três horas, porque cumpro horário, tenho autorização de ligar ate 10:00 e desligo no horário certo. Agora se outras pessoas ligam som até altas horas não tenho culpa ai cabe às autoridades tomarem as providências porque no meu estabelecimento só até dez horas.

Gil do Espetinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...