Seguidores

sábado, 6 de agosto de 2016

Estupro, Sindicato dos médicos cobra segurança nos Postos de Saúde de Pernambuco

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) solicitou uma audiência com o secretário de Defesa Social do Estado, Alessandro Carvalho, para cobrar segurança nos postos de saúde pernambucanos. O Simepe e o Conselho Regional de Medicina (Cremepe) estão preocupados com a integridade dos profissionais durante o exercício da função. A reivindicação ganhou força após o estupro de uma médica cubana do Programa Mais Médicos, na segunda-feira passada, em um Posto de Saúde da Família em Capoeiras, no Agreste. A profissional e o marido, que também é médico cubano do programa, já pediram desligamento e devem voltar ao país de origem nos próximos dias. “Precisamos melhorar essa situação de segurança para que outra barbárie como essa não volte a acontecer”, destacou o presidente do Simepe, Tadeu Calheiros.

Ao lamentar o estupro, ele enfatizou que o crime foi a exposição de uma tragédia anunciada. “O caso foi em Capoeiras, mas poderia ter sido em qualquer outro município, inclusive no Recife. Isso porque nós temos médicos em vários desses postos que relatam insegurança. Já foram verbalmente ameaçados com armas empunhadas. Não temos segurança”, reforçou, destacando que a vítima foi uma médica, mas poderia ter sido uma paciente.

O gabinete da Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que ainda não recebeu o ofício solicitando a audiência do Simepe. A pasta esclareceu que o presidente do Cremepe, André Dubeux, encontrou-se com o secretário Alessandro Carvalho, que determinou à Polícia Civil “total empenho na identificação e prisão do criminoso”. Até o fechamento desta edição, o autor do estupro ainda não havia sido capturado.

Está marcada para hoje uma reunião na Secretária Estadual de Saúde com representantes da Organização Pan Americana de Saúde (Opas) para tratar sobre o apoio à médica e ao marido, além da reposição de profissionais de saúde nos dois postos de Capoeiras. 
Folha de Pernambuco/cremepe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!
Lembre-se: comentários com acusações, agressões, xingamentos, e que citem nomes de familiares de quem quer que seja, não serão publicados.

Opine com responsabilidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...